Segunda temporada de ‘Narcos’ mostrará o cerco que levou à morte de Pablo Escobar

Christian Grey BRsetembro 1, 2016Views 628
Crédito: Juan Pablo Gutierrez/Netflix/Divulgação. Cena da segunda temporada de Narcos.

Crédito: Juan Pablo Gutierrez/Netflix/Divulgação. Cena da segunda temporada de Narcos.

Em 1992, a Colômbia finalmente conseguiu prender o narcotraficante Pablo Escobar. Porém, a detenção não durou muito tempo. Escobar fugiu da luxuosa prisão intitulada La Catedral, construída por ele mesmo, e colocou o país novamente dividido entre caçá-lo e ajudá-lo a se manter “escondido”. A busca durou quase um ano até que o criminoso fosse morto por integrantes da polícia colombiana em ação conjunta com os Estados Unidos.

É exatamente essa parte da história que será retratada na segunda temporada de Narcos, trama da Netflix com produção-executiva do brasileiro José Padilha e protagonizada pelo ator Wagner Moura, que chega ao serviço de streaming em 2 de setembro, com dez novos episódios. A produção mistura acontecimentos reais com ficção e conta até com imagens de arquivo de Pablo Escobar em algumas cenas.

 

Diferentemente do que acontece em muitas séries, a segunda temporada de Narcos não tem um salto no tempo, a trama começa exatamente de onde parou a primeira, quando Pablo Escobar (Wagner Moura) está fugindo de La Catedral e, mais uma vez, evidencia o despreparo da polícia colombiana em relação ao poder do narcotraficante, que tem boa parte de Medellín ao seu lado, seja por medo ou por admiração, já que Pablo construiu bairros e deu dinheiro à população mais pobre do país.

 

Retorno do cartel

Ao longo dos episódios, a série acompanha a caçada espetacular em torno do narcotraficante. Uma complicada busca para a Colômbia, que precisou contar com o apoio de agências dos EUA, já que, assim como o próprio Steve Murphy (Boyd Holbrook), o agente estadunidense da DEA (órgão de combate as drogas), diz na narração da história, quando mais Pablo se sentia acuado, mais perigoso ele ficava.

 

A temporada mostra o quanto bandido não mediu esforços e dinheiro para enfrentar as decisões do presidente da Colômbia, Cesar Gaviria (Raúl Mendes), e também o quanto à noção de limites das polícias colombiana e norte-americana tiveram que mudar para de fato conseguir matar Pablo Escobar, em dezembro de 1993, que tiveram atitudes bastante duvidosas. A continuação ainda marca o retorno do cartel de Cali para a história e da vingança de Judy Moncada (Cristina Umaña), após a perda do marido Kiko.

 

A sequência traz de volta boa parte do elenco da primeira temporada, como Pedro Pascal (Javier Peña), Joanna Christie (Connie Murphy), Paulina Gaitán (Tata Escobar), Paulina García (Hermilda Gaviria), Stephanie Sigman (Valeria Velez), Alberto Amman (Pacho Herrera) e Bruno Bichir (Fernando Duque).

Narcos

Narcos

O que esperar

Durante a divulgação da série, muito se falou do spoiler dado por Wagner Moura sobre a morte de Pablo Escobar. A única coisa que o ator fez foi garantir que o falecimento do personagem faria parte da segunda temporada. Mas o que esperar da sequência de Narcos, uma das produções mais elogiadas do ano passado? O TV+ teve acesso aos seis primeiros episódios e revela alguns destaques da produção, sem adiantar tramas específicas

do enredo.

 

Supremacia de  Pablo Escobar 

Apesar de desde a primeira temporada a produção e os atores garantirem que a série não se tratava da história de Pablo Escobar, mas sim da origem do narcotráfico no mundo, é difícil imaginar a série sem o personagem. Na segunda temporada, mais uma vez, Wagner Moura rouba a cena entregando um Pablo Escobar ora perturbado, ora tranquilo, com todos os trejeitos do falecido populista. Dessa vez, o ator não engordou os 20kg da primeira temporada, mas melhorou (mesmo que um pouco) o espanhol.

NARCOS

NARCOS

Mais mortes

Se na primeira temporada houve muitas mortes, a segunda temporada terá ainda mais e algumas bastante impactantes. Na temporada de estreia, já era possível ver que Pablo Escobar estabelecia seus próprios limites. O problema é que agora as polícias colombiana e estadunidense também extrapolarão a linha do que visto como permitido, o que resultará em ainda mais mortes.

 

Tata Escobar e Judy Moncado

A segunda temporada serve para destacar outros personagens que não haviam ganhado tanta importância anteriormente. É o caso de Tata Escobar, mulher de Pablo, interpretada pela atriz mexicana Paulina Gaitán. A personagem começa a aparecer mais tentando acalmar o marido e muitas vezes pedindo que a família deixe Medellín. Outro destaque é para Judy Moncado, que faz da caçada de Escobar sua vingança contra o narcotraficante que matou seu marido.

 

Você poderá assistir todos os novos Episódios de narcos AQUI 

Categories